28 julho 2008

PAÍS DE MERDA


Soube ontem que a Ponte Rainha Santa, em Coimbra, custou - ou seja, tivemos que pagar - mais do triplo do que o orçamentado.
Orçada em 38 M de euros, saiu-nos a 111 M de euros.
Como sabemos, é apenas uma ponte. Em Coimbra.
Para juntar ao processo, o responsávem máximo por este dislate (o presidente da EP - Estradas de Portugal, à época) pediu, à boca pequena, a suspensão da investigação que visava esclarecer esta derrapagem.
Nada disto, tristemente, me espanta.
O que me espanta, revolta e envergonha profundamente até à náusea, é andar toda a gente preocupada e a discutir se um tal João Moutinho sai ou não do Sporting, se o contrato do Cristiano Ronaldo deve ser cumprido se ....
Puta que pariu o interesse pela vida alheia e por tudo quanto não nos diz respeito.
Portugal continuará perpetuamente atrasado porque os portugueses são, irreversivelmente, uns atrasados mentais.

9 comentários:

Mofina Mendes disse...

Tienes toda la razón. Yo no soy de aki. Soy de Marte. Sin culpas!

maria mazona disse...

Eu também quero ser de Marte enquanto lá existirem apenas marcianos. Depois da invasão, vai ser uma chatice porque não saberei de onde quero ser.

Já agora e falando mais à séria, haverá no fdp do nosso país, alguma obra pública que não tenha derrapado? Será por causa da humidade? É que trabalhar no duro faz suar e depois a coisa escorrega cumó caraças...

Funes, o memorioso disse...

Ora adeus!
O único escândalo que há aqui é ter-se gasto esta massa toda em Coimbra. Com esses 111 M de euros podia-se ter derrapado um bocadito mais no túnel do Terreiro do Paço.

bonifaceo disse...

Não sei se serão atrasados mentais, mas que só gostam dos mexericos gostam. Já agora, mesmo que falassem nisso em vez do resto que não interessa, qual seria a vantagem? Seria a investigação terminada e apuradas as causas e/ou responsáveis?!

Capitão Merda disse...

E imputação de responsabilidades nunca há!
Só quando se trata de lucros...

vita disse...

Anda tudo a derrapar..só espero que alguns batam com a cabeça na parede.;)

zeka disse...

O mais giro é que muito provavelmente a empresa (ou empresas) responsável por isso, deve ter sido escolhida por, entre outras coisas, ter apresentado o orçamento mais baixo! Penso eu...
Como se sentirão as empresas preteridas perante tal filha-da-putice!?

Agora uma dica. Eu vim aqui parar, mais por isto até. É que no blog da Isa tu dizes que perdes a paciência e comentários por culpa daquelas letrinhas irritantes. Isso já me aconteceu e a partir daí adoptei uma técnica que é a seguinte:
O que tens a fazer é seleccionar tudo e copiar antes de publicar (como eu fiz agora), assim se der merda com as letras é só colar e repetir.

Abraço

medusa disse...

Acho que anda toda a gente muito desiludida com este portugalinho!

GRaNel disse...

O caso desta ponte é mais grave do que isso. É pago um projecto que tem erros de concepção. A construtora apercebe-se e apresenta uma proposta irrecusavel. No dia a seguir à mesma ser aceite comunica que não pode construir segundo o projecto pois os pilares vão "furar" o tabuleiro e a ponte estatela-se no chão. A partir deste momento e do reconhecimento de falta de qualidade do projecto, a construtora cobra o que bem quer e lhe apetece.