19 novembro 2008

BAILHAMEDEUS


Todos os anos, por esta altura, é a mesmíssima merda.
Repórteres da televisão a confundirem o perímetro com o diâmetro.
Das abóboras.
Continuam os mesmos nabos!!

7 comentários:

Andreia do Flautim disse...

Ainda não apanhei nenhuma gafe dessas!

Anónimo disse...

Tratando-se de abóboras, será relevante vê-las ao comprido ou à largura?

Blimunda disse...

E se forem cabaças?

alegria disse...

Cabaças, pois é mesmo isso, olha a minha hoje estoira de tanta dor como passei a noite tambem com dor presumo que seja cobranto.
Se houver alguem por aqui que saiba tirar cobranto eu ficava enternamente grata.
Obrigada.

Álvaro disse...

Abóboras é que é bom, finalmente uma sugestão sexual interessante.

A Laurinda está grávida no fim do tempo, eu percebo logo quando ela está com quebranto, põe as patas na cabeça e eu meto-lhe um alho verde e crú no anal e ela fica logo boa passado um instante, começa-me logo aos saltos, nem parece prenha de 3 crias a parir lá para o início do mês que vem.

Não vá dar-se o caso da Drª.Alegria também estar na mesma situação da Laurinda, pelo que deve ter cuidado com o que toma, o alho verde não faz mal, só dá um bocadinho de mau hálito

jg disse...

ANDREIA
São às carradas. Todos os dias!!

ANÓNIMO
Até pode ser ao través!

BLIMUNDA
Querias troco?!

ALEGRIA:
Até cheguei a pensar que ias dizer tirar cabaças!! Afinal era só "cobranto"
Não existes!!!

ALVARO
Até que enfim alguém olha para uma abóbora e faz uma associação sexual!
A Laurinda é a que faz vestidos por medida?!

alegria disse...

Tou triste JG então tu dizes que eu não existo?
Ó homem isso lá é coisa que se diga a uma lady como eu...