06 novembro 2008

NÃO QUEREM MAIS PRETOS?! TOMEM LÁ UM BRANCO.

Cadilhe só aceitou ir para o BPN com PPR de 10 milhões

O ainda presidente do Banco Português de Negócios (BPN) só aceitou assumir a liderança da instituição com um plano de poupança-reforma (PPR) no valor de pelo menos 10 milhões de euros, destaca o Diário de Notícias desta quarta-feira.

A condição foi imposta por Miguel Cadilhe aos accionistas do BPN, durante as negociações de entrada no banco, de modo a poder ressarcir-se da perda da pensão que então auferia enquanto reformado do Banco Comercial Português (BCP).

De acordo com o jorna diário, os accionistas do BPN propuseram, inicialmente que este PPR, no valor de 10 milhões de euros, fosse criado na companhia do grupo, a Real Seguros Vida.

Porém, a proposta foi recusada por Cadilhe, que exigiu que a sua reforma estivesse noutra instituição. A escolha acabou por recair na seguradora Zurich.

(sacado do Diário Digital)

6 comentários:

Blimunda disse...

Ai não! Brincamos em serviço?!!!

Mofina Mendes disse...

Homem prevenido vale por quantos?

alegria disse...

Por 3...

jg disse...

BLIMUNDA:
A brincar que o digas...

MOFINA:
10 milhões.

ALEGRIA:
Não Alegria, é por dez. Milhões.

provocação disse...

Acho pouco, Cadilhe que é Cadilhe tinha pedido mais, já que é para o disparate, que seja à grande!

Xaxão disse...

Ele lá sabia porquê...
Quando o que se assume como Presidente do Grupo não confia na seguradoura que integra o mesmo grupo económico, está tudo dito.