24 junho 2009

VAN TRABALHAR MALANDROS


Nunca percebi porque raio este quadro é atribuido a Van Gogh, sendo que se percebe à légua que foi um qq português, sem jeito, que o pincelgou.
A cadeira tipicamente alentejana; o chão em tijoleira Rusticer; a parede remendada a "pladur"; a floreira em cimento, proveniente das fabriquetas de balaustres e fontanários; e o toque de meste, tipicamente nosso, de colocar um cachimbo esquecido para dar aquele toque de classe!!
Como se num pardieiro alguém fumasse cachimbo.

8 comentários:

Maria de Fátima disse...

olhe, eu nem sou brasileira e nem teen, mas vim da mac, e fiquei sua fã: mal tenha eu um desarrumo de tristeza e estarei por qui a pedir um pézinho de salsa, uns coentros, uma dose de riso entre as folhas lhe agradeço me receba e me manda embora mal lhe pese

Mofina Mendes disse...

Van digo eu, valha-te nossa senhora dos aflitos e dos remédios!

Blimunda disse...

Calhauzinho com duas amostras de orgãoes visuais!!! Onde viste tu a floreira em cimento?!!! Existirá, por ventura alguma flor chamado "vincent"? É um bichano pá! E não se chama Vicente mas sim Vincent!

Blimunda disse...

Pá, é orgãos e não ões, como aparenta! Não vá o diabo tecê-las e levar o porquinho a pensar na bolota!

jg disse...

MARIA DE FÁTIMA:
Olhe que neste cantinho não se professa a xenofobia!!!
E tb não tem mal ser "teen".
Isto é que é uma recepção a uma nova comentadora!!!! Estou a brincar, é claro.
Seja bem-vinda ao clube. De fãs!!!

MOFINA:
E afins...

BLIMUNDA:
Ó Toninha, tá na cara que é uma floreira em cimento. Lá por ter em cima aquela coisa com orelhas de lince da Malcata, devo concluir que seja uma gateira?!
Tb desconhecia que se punham os nomes das flores nas floreiras.
"Vicent" é o tio. Quem falou em "Vicent"?! Já temos um trolha de serviço. Todo jeitoso, diga-se em abono da verdade!!

É "Óregãos" e "Oregões" e mais o que te vier à mona.
Já na "bolota", pergunta ao trolha se o que se usa na construção civil não é mais "Belota".
Ou então vai ao teu guru Google, e pede imagens com "belota" e pasma.
Alamedas... alamedas de gajas boas!!!

privada disse...

não percebo a lógica , nos barracos aqui atraz de minha casa e nota bem, barracos de telha lusalite o k mais os gaijos fazem é fumar cachimbo, prata, garrafinha. ..

privada disse...

Blimunda nao lhe ligues belota é a colher de chapar massa, para os liboetas, para os nortenhos é msm bolota, dizem k faz milagres nos cerezites.
São bonitas e estão sempre brilhantes, podem ser polidas e tudo, alem disso a massa desliza melhor, sao tao famosas ke ate os ladroes de obras as destinguem, levam essas e deixam as de marca branca.
Bolota a excelencia na construção tradicional

jg disse...

PRIVADA:
Os cachimbos de prata não mandam ronco.

Pá, obrigado pelo esclarecimento do material Belota.
Fosse eu a fazer a descrição ninguém me levava a sério.

Este puto tem futuro.
E como já sabe distinguir a "obra prima do mestre" da "prima do mestre de obras", vou levar a plenário a proposta para o promover a "soba".