24 agosto 2009

POVAVELMENTE, TÊM RAZÃO

Gostei de ver, no dia seguinte a ter desabado parte do arenito que matou cinco pessoas na praia Maria Luísa, famílias inteiras que continuavam a usufruir da sombra de arribas instáveis.
Argumento: "já cá estão há tantos anos... não hão-de cair logo hoje"

5 comentários:

Mofina disse...

Lindo de se ver foi uma mulher a recolher um caliço e a explicar que o ia guardar como uma relíquia muito especial.

Aposto um saco de figos em como ela vai ganhar a vida com a pedra e umas velas acesas. Olho prò negócio!

Maria Manuela disse...

Claro e a placa que estava lá para alertar era só para efeitos meramente decorativos.

Oh Portugal, Portugal...

:)

bj

ci disse...

tanto que n iam cair que pum!!

Beijo da ci

Blimunda disse...

Se fosse eu a eles até virava o letreiro que diz "perigo de derrocada" ao contrário. Ora, onde é que já se viu, ter ali uns rochedos a fazer uma sombrinha tão apetecível e vir uns gajos quaisquer armados em bons dizer-nos que é perigoso. O caraças!

Anónimo disse...

bom comeco